Artista da dança.

 

Performer / bailarina, diretora de movimento / coreógrafa / preparadora corporal, professora e pesquisadora das artes co corpo e da cena, com interesse pelos trânsitos entre dança e escrita no processo de criação, além de atuar com ênfase nos estudos de improvisação e contato improvisação.

Mestranda em Dança no Programa PPGDAN/UFRJ - Universidade federal do Rio de Janeiro.

Pós Graduada no Programa de Especialização PCA (Preparação Corporal nas Artes Cênicas) da Faculdade Angel Vianna (FAV), ambas com a pesquisa LAB CORPO PALAVRA.

 

Aperfeiçoamento em Performance através do Programa F.I.A. (Formação Intensiva Acompanhada) do c.e.m. (centro em movimento), de Lisboa.

 

Graduada em Licenciatura Plena na FAV. Formação Técnica em Dança Contemporânea pela Escola Angel Vianna.

 

Certificada nos Módulo Introdutório e CS1 das Técnicas de Terapia Crânio Sacro pela Upledger Brasil. Capacitação pelo Instituto Ivaldo  Bertazzo (SP) no Método Bertazzo de Reeducação do Movimento (2018).

Professora Substituta de Dança do Colégio Pedro II - Unidade Realengo II [2018-2019], sendo fundadora e integrante da equipe do NACE - Núcleo de Artes Cênicas e tendo feito parte da equipe de elaboração e entrega do Projeto Político Pedagógico para a implementação de um Curso Técnico em Dança e Teatro na instituição.

 

Artista convidada e colaboradora do Núcleo de Pesquisas, Estudos e Encontros em Dança/UFRJ.

 

Pesquisadora do Grupo de Extensão Universitária CLiPES - Corpo, Linguagem, Política, Educação e Subjetividade, vinculado à Linha de Pesquisa em Cultura e Conhecimento do Doutorado Multi-institucional e Multidisciplinar em Difusão do Conhecimento (UFBA, IFBA, UNEB, UEFS, LNCC e CIMANTEC).

 

Também se vincula ao Mestrado Interdisciplinar em Humanidades da UNILAB, particularmente a Linha de Pesquisa Educação, Política e Linguagens.

Diretora do Celeiro Moebius e Propositora-Criadora do LAB CORPO PALAVRA. Nos últimos 6 anos vem atuando com o Lab Corpo Palavra em diferentes espaços privados e públicos, nos mais diversos formatos, desde residências artísticas até cursos de formação.

 

Recentemente foi contemplada com os Prêmios Fomento à Todas as Artes, da Lei Federal Aldir Blanc com o projeto "Lab Corpo Palavra: coreografias e dramaturgias cartográficas" [2021-2020] e Cultura Presente nas Redes da Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado do Rio de Janeiro, através do Fundo Estadual de Cultura com o projeto "Aula Introdutória - Lab Corpo Palavra" [2020].

 

Além da atuação nas universidades e escolas públicas do Brasil, centros e espaços culturais urbanos e rurais, destaca-se também a realização de percursos de formação e criação artística no Espaço Corpo do Sesc Copacabana, RJ [2017] e no Programa de Capacitação Técnica e Artística da FUNARTE - Fundação Nacional das Artes [2019].

Em 2020 inaugura o selo editorial Cadernos Sensórios Corpo Palavra, um espaço pra a ressonância poética do que é produzido no Lab Corpo Palavra. O selo tem dois ebooks já lançados nacional e internacionalmente - VERTIGEM INFINITA e FORÇAS INTERMOLECULARES

Integrante da equipe do ESPAÇO LUA BRANCA / MG - Brasil, compõe a curadoria e o Núcleo Gestor do programa ENTRE SERRAS: RESIDÊNCIAS ARTÍSTICAS E POÉTICAS DA SUSTENTABILIDADE, em atividade desde 2015, promovendo o fazer artístico em área rurais, fora dos grandes centros urbanos, incentivando uma política de projetos comunitários e ecológicos; tendo sido contemplado com o Prêmio Fomento do Fundo Estadual de Cultura / MG [2018] e com o Fundo Iberescena [2020-2021].

A artista tem ampla participação em programas de residência artística no Brasil e no exterior, com destaque para:

 

}} Residência Artística do CENTA - Vila Velha de Rodão / Portugal [2015], onde iniciou o percurso de criação do projeto Decopulagem;

 

}} Programa de Residência da Eco Vila Terra Una [2012], onde realizou o Projeto Manoelesco – a poesia de Manoel em um corpo de dança, realizando o videodança “MATÉRIA / SUBSTANCE”, em parceria com a artista canadense Allison Moore, com circulação em festivais e mostras de cinema e videodança do Brasil, Chile, Espanha, Portugal e Canadá;

}} Residência Práticas de Escuta através do Fundo Iberescena 2020, onde junto a artistas chilenos e uruguaios realizou vivências em aldeias indígenas e vilas de pescadores desembocando na criação de performances apresentadas no final do percurso.

Co-fundadora e ativista do Movimento Contato Improvisação Carioca; idealizadora do Site CONTATO IMPROVISAÇÃO BRASIL.

Atualmente está se dedicando à circulação nacional e internacional da pesquisa autoral do livro-performance DECOPULAGEM, com apresentações já realizadas em diferentes cidades do Brasil, do Uruguai, Chile, Argentina e Reino Unido; tendo realizado Lançamento internacional da performance solo com exposição do livro no POP Moves 12th anual conference - Moving Beyond Coloniality: Practices of Emancipation Across Performances of the Popular, University of Roehampton, London 2019. 

 

Integra a equipe do espetáculo “Paulo Freire: o Andarilho da Utopia”, como preparadora corporal, dirigido por Luiz Antônio Rocha que em 2019 recebeu indicação ao Prêmio Shell de Teatro na categoria Inovação.

 

Diretora, artista propositora e performer de “Corpo Ambiente”, performance itinerante de rua, com circulação nacional entre 2015 e 2017.

Dentre as atuações em performances, espetáculos e produções audiovisuais, destacam-se:

 

}} Intérprete da Cia de Dança Impele, no espetáculo “Mar de Ressaca”, com direção de Marco André Nunes [2016].

 

}} Coreógrafa do videodança “Zoé”, direção de Iara Magdaleno [2015] e bailarina do videodança “o tempo que leva” , direção João Bastos [2013], ambos projetos da Escola de Cinema Darcy Ribeiro.

 

}} Intérprete Criadora do Projeto Bricolage. Direção: Isabella Duvivier. Circulação Rio de Janeiro e São Paulo, Brasil. Projeto contemplado pelo Fundo de Apoio à Dança do Município do Rio de Janeiro (FADA); com colaboração artística no livro publicado: Projeto Bricolage: manifesto do invisível - Rio de Janeiro: Azougue Editorial, 2014.

 

}} Bailarina/performer do "Diga-se de Passagem” apresentado no Programa do Novíssimos [2012], dentro do Panorama Festival de Dança e Intérprete-Criadora do "Assim você saberá onde estou, aqui e lá" [2013-2014], pelo Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna, ambos com direção de Luisa Coser.

}} Atriz do espetáculo “Senhora dos Afogados” dirigido por Ana Kfouri [2010-2011].

}} Bailarina da Ópera Orfeu, com direção de Alberto Renault, Direção Musical e Regência de Marcelo Fagerlande, Coreografia de Giti Bond, com temporada no Teatro Municipal do Rio de Janeiro (2007).

Principais Prêmios: 

 

2021-2020 - Prêmio do Fundo IBERESCENA Fundo de ajuda para as Artes Cênicas Ibero-americanas, na linha Apoio à Criação em Residência com o projeto "Entre Serras : Residências Artísticas e Poéticas da Sustentabilidade" 

 

2021-2020 - Prêmio Fomento à Todas as Artes, da Lei Federal Aldir Blanc com o projeto "Lab Corpo Palavra: coreografias e dramaturgias cartográficas". 

 

2020 - Prêmio Respirarte FUNARTE (Fundação Nacional das Artes) com o projeto de videoarte "escrita: terra, água, sangua"

 

2020 - Prêmio Cultura Presente nas Redes da Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado do Rio de Janeiro, através do Fundo Estadual de Cultura com o projeto "Aula Introdutória - Lab Corpo Palavra".

 

2018 - Prêmio Fomento do Fundo Estadual de Cultura do estado de Minas Gerais com o projeto "Entre Serras : Residências Artísticas e Poéticas da Sustentabilidade".

 

2013-2014 - Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna - Fundação Nacional das Artes com o projeto "Assim você saberá onde estou, aqui e lá".

Publicações de Revistas, Artigos e Livros (CLIQUE AQUI).

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram